quarta-feira, 18 de abril de 2007

Fátima


Sabem que imagem é esta??
Acho que não vos passa pela cabeça... Trata-se do santuário de Fátima há uns anitos atrás. Bem diferente daquilo que vemos hoje!!

Aqui vos deixo a história sobre a sua origem:
A chamada Cova da Iria nasceu num descampado onde em 1917 deram-se as aparições da Nossa Senhora de Fátima.
Este lugar foi-se desenvolvendo ao longo dos tempo, isto graças ao contínuo fluxo de pessoas cujas funções se foram multiplicando embora continuem em lugar de destaque as que se ligam ao fenómeno religioso, que começou quando os 3 pastorinhos, Lúcia, Francisco e Jacinta apascentavam um rebanho neste lugar. Sobre uma azinheira avistaram uma luz envolvendo a Nossa Senhora, que lhes pedia para que rezassem, convidando-os a voltar nos meses seguintes àquele lugar.
Para assinalar o local das Aparições construiu-se um arco de madeira com uma cruz. A pequena árvore a pouco e pouco foi desaparecendo levada por peregrinos. Em 6 de Agosto de 1918, com as esmolas dos fiéis iniciou-se a construção de uma pequena capela em homenagem à Nossa Senhora, feita de pedra e cal, coberta de telha com 3,30 metros de comprimento , 2,80 metros de largura e 2,85 metros de altura. Foi a primeira construção do actual recinto de oração.

Actualmente, o Santuário de Fátima acolhe em peregrinação e oração muitos milhares de crentes vindos de todo o mundo, sobretudo na Peregrinação anual de 13 de Maio e nos restantes dias 13 de cada mês, de Maio a Outubro.

Este é um local que gosto muito de visitar, porque faz-me sentir bem comigo própria. Faz-me sentir serena, calma, e um pouco menos pecadora ihihihih!! Sim, é verdade :P

13 comentários:

Alexandre disse...

Olá, Pekena!

Quanto coisa mudou desde então... como se pode ver!

Já há uns anos que não vou a Fátima mas é um sítio fantástico para as pessoas se encontrarem com a sua fé e para os mais observadores é um local ideal para se poder tomar contacto com a verdadeira essência da maneira de ser do povo português - das pessoas genuínas! Tenho que lá ir um dia destes... obrigado pela tua informação!

Beijinhos!!!

tuga disse...

Uns anitos é favor . . .

bonifaceo disse...

Fui durante 6 anos ao Fátima Jovem, de 2000 a 2005, depois desliguei-me praticamente da Igreja. Era uma actividade engraçada que eu gostava bastante por tanto jovem do país inteiro se juntar durante um fim-de-semana inteiro em Fátima.
Pena eram os que iam para lá pela simples razão de passar um fim-de-semana fora e a fazer o que não deviam... enfim, estúpidos.
Beijo.

aflores disse...

Muita coisa mudou até hoje, sem dúvida.
Em toda a minha vida só fui a Fátima uma vez.
Agradeço e retribuo visita ao meu blog.

Tudo de bom, continuação de boa semana.

Hands of Time disse...

Já não lá vou há uns anos, desleixo confesso, mas no meu coração está sempre presente!

peace_love disse...

é coisa à qual não ligo..

kathy disse...

de facto, o santuario de fatima é lindissimo

angelis disse...

Olá Pekena, agradeço e retribuo a visita que fizeste ao meu cantinho. Fátima...um local de reflexão, de encontro com a fé...já não vou lá há uns anitos...Beijinhos

Gonçalo disse...

Ainda fui ao santuário de Fátima no último Domingo e costumo ir lá regularmente, porque é um local de culto e de uma paz muito característica e, também porque a família da minha mãe é de Fátima.
Uma palavra de apreço para a vertente pedagógica do teu Blog;)
Beijinhos e bom fim de semana.

Antonio disse...

Vamos todos à Fátima...Lopes :p

Pekena disse...

Já não te via por aqui há algum tempo!!
Fátima Lopes??
Não obrigada :P

silva disse...

Realmente Fátima é um local de enorme apreco e culto. Eu conheço muito bem o Santuário, até já cheguei a ir lá durante a noite. Mas em relação à pequena àrvore esta ainda lá se encontra mesmo ao lado da capela das aparições. Isto foi a informação que um padre de lá me disse. Fátima é um local que eu recomendo vivamente.
Saudações canguistas **

Antonio disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.